Homem vende quentinhas de bicicleta para sustentar a família

Anderson Silva tem nome e garra de lutador. Esse pai de família começou um pequeno negócio de quentinhas, com a esposa e uma amiga, para conseguir se sustentar durante a pandemia.

E para fazer as entregas, Anderson usa uma bicicleta antiga. Ele pedala por toda a cidade de Vitória de Santo Antão, interior de Pernambuco, no horário mais quente do dia: das 10h às 14h, para entregar o almoço de R$7.

Além disso, o Anderson tem que pedalar de máscara. O que torna o trabalho dele fisicamente mais desgastante.

Queremos muito ajudar o Anderson a ter uma moto. Além de não passar tanto sufoco para ganhar seu dinheirinho, ele poderá entregar as quentinhas em menos tempo e ganhar um pouco mais com isso.

Hoje, a única renda que Anderson tem vem da venda das quentinhas. É com esse dinheiro que ele sustenta a casa onde vive ele, a esposa e duas filhas pequenas.

Nós conhecemos a história do Anderson pela empresária Kássia Isadora. Um dia, ela recebeu o cardápio das quentinhas pelo Whatsapp e fez um pedido.

Foi quando ele chegou com a entrega em sua bicicleta, usando máscara, chinelos e uma mochila nas costas trazendo a marmita.

A vaquinha é para o Anderson, que é pai de duas crianças pequenas, comprar uma moto e também conseguir manter seu negócio, já que com o aluguel atrasado e tem semana que ele não consegue comprar os ingredientes para vender o almoço.

Categoria(s): Social.

Comente: