Homem suspeito de matar três filhos em incêndio tem sua prisão decretada; Polícia acredita que o crime tenha sido motivado pelo fim do relacionamento com o companheiro

Uma notícia chamou a atenção dos internautas nesta manhã de quinta-feira (18). Suspeito de atear fogo na própria casa e matar os três filhos, a justiça decretou a prisão temporária de Ricardo Reis de Faria e Vieira, de 33 anos, no estado de São Paulo.

O caso que chocou o país ocorreu na última quarta-feira (17) por volta das 5h na cidade de Poá, São Paulo. Tudo ocorreu na rua Bernardo Pinheiro Franco, e, de acordo com o Corpo de Bombeiros, o incêndio atingiu principalmente os cômodos da casa onde se encontravam a adolescente Fernanda, de 14 anos, e as crianças, Gabriel, de 9, e Lorenzo, que iria completar 2 anos. As crianças eram filhos adotivos do casal feito por Ricardo e Leandro.

O casal estava separado há cerca de três meses. De acordo com Leandro, Ricardo tentava incansavelmente reatar o relacionamento nos últimos meses. O homem teria afirmado que sua vida não fazia sentido sem a família unida.

Testemunhas afirmam que ouviram pedidos de socorro com a voz feminina, provavelmente advinda da filha do casal, Fernanda. A adolescente foi encontrada morta próximo a uma janela com grades, o que indica que ela tentou sair da casa, mas, infelizmente, não conseguiu. A polícia acredita que a porta do quarto estava trancada.

Ricardo, que foi o único sobrevivente do incêndio, chegou a dar três versões sobre o acontecimento. Ele afirmou aos policiais que as crianças teriam sido raptadas e não estavam na residência. Além disso, ele sugeriu que o incêndio poderia ter sido causado pelo o atual namorado do ex dele ou até mesmo pela adolescente.

Assim, a atitude suspeita do homem levou a polícia a toma-lo como principal suspeito e ter sua prisão preventiva decretada.

A polícia ainda investiga as causas do incêndio, e se confirmado, Ricardo por ser preso por homicídio.

Três irmãos morrem em Vila Real após quarto da casa em que viviam pegar fogo. Pai tentou salvá-los

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Comente: