Homem que tatuou à força o próprio nome no rosto da ex-namorada já descumpriu duas medidas protetivas

 

O rapaz Gabriel Coelho, de 20 anos, responsável por tatuar o rosto da ex-namorada à força, já descumpriu duas medidas protetivas que impediam de chegar perto dela.

Tayane Caldas, de 18 anos, vítima de Gabriel, contou que foi sequestrada e mantida em cárcere privado no fim de semana. Foi nesse sequestro que ela teve o rosto tatuado. “Para mim, ele me matou por dentro, acabou comigo com uma forma de me marcar e dizer que eu sou propriedade dele”, disse Tayane.

Gabriel não aceitava o fim do relacionamento. Ele foi preso por descumprir a determinação e também por lesão corporal. A mãe de Tayane, a Deborah Velloso, chegou a pedir ao rapaz que aceitasse o fim do relacionamento. A mãe conta que a filha tinha duas medidas protetivas contra Gabriel, uma de 2021 e outra de abril de 2022. Para Deborah, Gabriel afirmou que não aceitaria o fim do relacionamento.

Em depoimento, Gabriel apresentou um vídeo em que Tayane permite a tatuagem, contudo, a versão é investigada, já que a Tayane conta que esteve sob ameaça e amarrada durante a gravação. Também é  investigado uma possível participação do pai de Gabriel no crime, pois há a suspeita de que ele tenha dirigido o carro que levou até o local que a jovem foi mantida em cárcere.

 

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Categoria(s): Destaque.

Comente: