Homem mata ex-companheira de 32 anos a facadas na frente das 4 filhas do casal

Na manhã desta terça-feira (29) outra notícia de feminicídio surgiu nas redes.  Com esse, totalizam-se 7 casos de feminicídio em apenas 5 dias das festividades de final de ano. A vítima desta vez foi identificada como Camila Miranda Bandeira, de 32 anos. O caso aconteceu na cidade de Três Corações, no sul de Minas Gerais. Mas o que realmente aconteceu?

De acordo com informações do site R7, a mulher foi morta na madrugada dessa segunda-feira (28). O principal suspeito do assassinato, assim como nos outros feminicídio deste mês, é o ex-companheiro da mulher.

A mulher de 32 anos foi morta a facadas pelo ex-companheiro dentro de casa, na frente das quatro filhas do casal. Todas as quatro são menores de idade.

Segundo o site R7, a mulher já havia denunciado o companheiro em março. Conforme as informações da polícia, a denúncia foi motivada porque o marido de Camila teria quebrado o celular da mulher devido ao ciúme excessivo. No entanto, na época a mulher não quis atendimento médico e a também não aceitou o pedido de medida protetiva. As informações são da Polícia Civil da cidade.

O crime teria sido motivado por ciúmes. Assim, o homem teria iniciado uma briga por causa de um celular. Posteriormente, o homem se descontrolou e esfaqueou a mulher na frente das filhas.

“O autor, desconfiando que a vítima o estava traindo, tomou seu celular. Alterado, o homem a agrediu e a matou na frente das quatro filhas do casal”, relatou a delegada responsável pelo caso. O homem foi localizado pela Polícia Militar em uma rodovia.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

Comente: