Homem é morto por mecânico após reclamar que carro não funcionava

Homem é morto por mecânico após reclamar que carro não funcionava

A Polícia Civil está investigando a morte de um homem após uma discussão com um mecânico no bairro Sampaio, na Zona Norte do Rio de Janeiro, no último sábado (28).

O incidente começou devido a uma briga sobre um carro com defeito. De acordo com a família, Thiago Farias da Costa foi fatalmente baleado depois de reclamar de um problema no veículo, que acabara de ser consertado.

Para mais informações acesse nosso canal no WhatsApp!

O carro da família foi retirado da oficina pelo pai da vítima. Como o veículo estava sujo, ele decidiu levá-lo para uma limpeza. Quando Thiago encontrou seu pai em um ponto de encontro e tentaram usar o carro, ele não funcionou. A vítima retornou à oficina empurrando o veículo e questionou o motivo de ainda estar apresentando problemas.

“No meio dessa discussão, o mecânico entrou no galpão, pegou uma arma e disparou no meu irmão. Tinha um amigo do meu irmão com ele e, na hora, esse mecânico apontou para o amigo do meu irmão e falou: ‘Não vem atrás de mim’, entrou em um carro e fugiu”, relatou Josi Sampaio da Costa, irmã de Thiago.

O mecânico não era um estranho para a família; ele era o responsável pelos reparos nos automóveis de todos os membros da família.

“Tem pouco tempo que eu deixei um carro meu com esse mecânico também. Então, assim, meu pai tinha contato com ele, eu acredito que não tinha nenhuma rixa entra os dois”, disse a irmã da vítima.

A família está pedindo que a polícia localize o mecânico. Thiago estava vivendo um momento feliz em sua vida, pois havia acabado de abrir uma barbearia.

“A gente não sabe o paradeiro dele. A gente quer que a justiça seja feita e que ele pague pelo que ele fez”, afirmou Josi.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Capital (DHC), que já ouviu testemunhas e está tentando localizar câmeras de segurança na região.