Homem cego e sua cadela que não abandonou ele após desmaiar ganham R$ 200 mil em doações

Fernando Silva, um homem que é deficiente visual e sofre de problemas crônicos como diabetes, estava retornado para casa quando tropeçou, bateu a cabeça e desmaiou na rua.

O seu cão-guia, uma cadelinha chamada de Nina, ficou ao lado dele durante todo mundo até que ele pudesse ser socorrido.

Nesse contexto, o fato comoveu as redes sociais que criou uma Vaquinha , em parceria com a razões para acreditar, que juntou quase R$ 200 mil reais em doações.

Além disso, Fernando e sua cachorra vivem em uma casa alugada, Guarulhos, no interior de São Paulo. Com as doações, Fernando ira comprar uma casa e algumas subsistências para poder se manter durante alguns meses.

Conversando com uma conhecida de Fernando, Nayara Ornelas, descobrimos que ele passa inúmeras dificuldades: falta comida em casa.

Nayara reuniu um grupo de amigos para levar uma cesta básica para Fernando. Chegando lá, ficou espantada porque nem fogão Fernando tinha.

Fernando revelou que fazia única refeição por dia, no restaurante Bom Prato, que serve refeições a R$ 1. Locutor de loja, Fernando teve sua caixa de som roubada, ficando sem trabalho nessa pandemia. Aliás, essa não foi a primeira vez que Fernando foi roubado: a própria Nina já tentaram roubar dele!

Poucas pessoas sabiam das condições que Fernando vivia. Nayara conta que ele nunca pedia ajuda. A sua prioridade era alimentar Nina.

Categoria(s): Social.

Comente: