Homem acusado de matar menino Kaique é encontrado sem vida em Salvador

Nessa semana, a história do menino Kaíque gerou grande comoção na Bahia. Com 11 anos, ele foi assaltado e morto a golpes de foice no distrito de Maria Quitéria, em Feira de Santana. Então, as autoridades se mobilizaram para encontrar o autor do crime. Contudo, nesta sexta-feira, dia 23, o acusado foi encontrado morto em Salvador. Mas o que aconteceu?

O acusado é Adriano Sales da Silva, que tinha 20 anos e já havia sido preso. Após assaltar Kaíque e atacá-lo com uma foice, ele fugiu com R$300 da vítima. A história causou grande comoção e revolta na população e se espalhou rapidamente. Entretanto, na data de hoje ele foi encontrado sem vida na região de Pernambués, em Salvador. De acordo com o portal Acorda Cidade, o delegado Roberto Leal afirmou que a identidade de Adriano foi confirmada pela polícia técnica e também por parentes dele. Ainda segundo o portal, Adriano foi morto por homens envolvidos com o mundo do tráfico em Salvador. Além disso, esses homens teriam contido Adriano e investigado, através de fotos, se ele era realmente o acusado pela morte do menino. O delegado explicou:

“Ontem, provavelmente por volta das 12h, indivíduos envolvidos com o tráfico de entorpecentes na localidade identificaram Adriano. Ele inicialmente teria dito que foi ao local para comprar drogas. Só que os homens acabaram desconfiando porque tinha sido publicada uma foto dele em redes sociais. Eles aí fotografaram Adriano ainda com vida e já contido. Difundiram as fotos e após receberem a confirmação que teria sido ele o autor da morte de Kaíque, o executaram com tiros de arma de fogo pela região da cabeça.”

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Comente: