Henrique Alves diz que palavra final sobre mandato de condenados será da Câmara

 

Eleito presidente da Câmara Federal nesta segunda-feira (4), o deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) afirmou que caberá à Casa decidir sobre a perda do mandato de quatro deputados condenados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no julgamento do mensalão. Podem ser atingidos pela decisão da Corte os parlamentares João Paulo Cunha (PT-SP), Valdemar Costa Neto (PR-SP), José Genoino (PT-SP) e Pedro Henry (PP-MT). O entendimento do STF é de que a Câmara deve apenas formalizar tal decisão. O novo presidente da Câmara, no entanto, tem outra opinião sobre o assunto. “Eu falei sobre isso. Essa é a lógica da Câmara, não é?”, comentou, ao responder se a palavra final era do Legislativo. O peemedebista negou, porém, que houvesse enfrentamento. “Não, não [é um enfrentamento]. Vai ser finalizado aqui”, resumiu. Informações da Folha.

Fonte: Bahia Notícias.

Categoria(s): Nacional.

Comente: