Greve Nacional dos entregadores de apps ocorre nesta quarta-feira (1)

Nesta quarta-feira (1), ocorre uma greve nacional realizada pelos entregadores de aplicativos pela busca de melhores condições de trabalho, medidas de proteção contra os risco de infecção pelo novo coronavírus e mais transparência na dinâmica de funcionamento dos serviços e das formas de remuneração.

Os autônomos lutam contra as empresas Rappi, Loggi, Ifood, Uber Eats e James. Está marcado para ocorrer manifestação em diversas cidades do país.

“Tem dia que é R$ 1, tem dia que é R$ 0,50. O Ifood e outras empresas mandam notificação para os clientes falando que já pagam. Não é verdade”, diz Simões, um dos organizadores das manifestações.

A remuneração quanto os bloqueios, estes acontecem, segundo eles, de forma arbitrária, fazem os entregadores questionar a transparências dessas plataformas e a falta de transparência na forma de calcular os pagamentos.

As empresas de entrega não se posicionaram sobre o tema. Exceto o ifood que afirmou que “está ao lado dos entregadores”, que investiu R$ 25 milhões em proteção e segurança.

Categoria(s): Nacional.

Comente: