Grávida de 8 meses, professora morre após pegar Covid-19 em chá de fraldas

Após gerar uma vida por 8 meses, a professora Camila Graciano acabou nos deixando. Mesmo tomando todos os cuidados durante as longas semanas de gravidez, ela acabou contraindo Covid-19 e não resistiu.

De acordo com o portal Globo, ela teria contraído a doença já muito perto do fim da gravidez. Segundo o irmão de Camila, tudo teria acontecido depois de um chá de fraldas surpresa, feito por colegas de trabalho:

“Algumas conhecidas dela, amigas do serviço, fizeram um chá de fraldas surpresa, e uma delas estava contaminada e não sabia. Logo depois, ela ficou muito ruim e os familiares avisaram às meninas que participaram do chá. Infelizmente, minha irmã foi uma das infectadas”

Dias depois disso, o estado de saúde dela piorou muito rapidamente e a família teve trabalho para conseguir um leito. Após conseguirem interná-la num leito adequado, as pioras continuaram e a equipe médica decidiu induzir o parto. A pequena Helena veio ao mundo, saudável e mesmo prematura, não precisou de balão de oxigênio.

Após dar a luz, a professora teve uma melhora animadora. Contudo, voltou a piorar subitamente e não aguentou. Camila e o marido estavam juntos há 7 anos e essa é a primeira filha do casal.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Categoria(s): Nacional.

Comente: