Governo Federal zera o imposto sobre importação de revólveres e pistolas

Nesta quarta-feira (9) o Diário Oficial da União (DOU) publicou a mudança na alíquota sobre a importação de armamentos. Imposto que antes era de 20% foi zerado. Assim, o presidente comentou em suas redes sociais que a mudança entra em vigor dia 1º de janeiro de 2021.

Em 2020, a Polícia Federal concedeu 58 mil novos registros de armas de fogo para defesa pessoal no primeiro semestre. Esse número representa um aumento de 4 mil armas em a todo ano de 2019.

O presidente sempre utilizou o armamento da população como um dos carros chefes da sua campanha. Assim, durante as eleições presidenciais de 2018, o atual presidente afirmou que facilitaria a compra e o porte de armas em todo país para os “cidadãos de bem”.

Bolsonaro já fez outras medidas que facilitam a compra de armamentos durante seu mandato. Uma delas é o aumento da quantidade máxima de cartuchos de munição que alguém pode comprar por ano. Nesse contexto, antes era possível adquirir apenas 200 cartuchos por ano. Contudo, Atualmente pode-se comprar até 300 unidades.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

Comente: