Gerente de supermercado entrega suspeitos de furto para Tribunal do Crime: “Levaram para algum lugar”

Uma situação chocou várias pessoas nesta semana. Pois na tarde desta segunda-feira (26/04) dois indivíduos teriam sido mortos por traficantes da facção Vermelho. A situação ocorreu no Nordeste de Amaralina, por volta das 15h30, na região do Boqueirão.

Segundo o portal Informe Baiano, os homens teriam sido acusados de furtar um estabelecimento em Amaralina, e o gerente da empresa teria feito uma grande confusão por causa do ocorrido. Em seguida, o gerente teria acionado os traficantes que chegaram ao local da ocorrência em pouco tempo.

Os suspeitos do furto, “foram entregues” aos traficantes que levaram os “acusados” para dentro de uma comunidade, onde segundo testemunhas, teria ocorrido uma sessão de tortura e o assassinato de ambos.

“Eu não tenho certeza se eles estavam furtando mesmo e independente disso não poderiam ter entregue eles para os traficantes. Eu não sei se eles ligaram, mas fizeram um escândalo grande. Tem que mostrar a foto aí pra ver se as famílias aparecem. Podem ser pessoas de bem também. Absurdo o que aconteceu. Mais de 10 cabeças”, informou a testemunha.

 Ainda de acordo com o site, os traficantes teriam compartilhado no WhatsApp fotos dos homens vivos e depois mortos. As testemunhas informaram que as vítimas, levaram pauladas, facadas e tiros de fuzil 762 e que em seguida  “colocaram os corpos na mala de um carro e levaram para algum lugar”. informou a testemunha.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: