“Gás de cozinha tem que ser considerado um bem da cesta básica”, afirma Lula ao criticar alta nos preços

Durante conversa com a equipe da rádio Conexão 98 FM, de Palmas, Tocantins, Lula (PT) afirmou que está preocupado com os brasileiros que não têm condições de comprar gás de cozinha e estão se arriscando para cozinhar com lenha. Recentemente, muitas pessoas têm se acidentado, e algumas dela até morrido, depois que tentaram cozinhar de maneira alternativa, principalmente com álcool. Além disso, ele criticou a política de dolarizar os combustíveis:

“Não tem sentido nesse país alguém pagar R$ 122 num botijão de 13 quilos de gás e ter gente cozinhando no meio da rua em São Paulo e no Rio de Janeiro com tijolo e lenha porque não tem dinheiro para comprar o gás. Durante todo o período que governamos o Brasil, nós não aumentamos o gás na Petrobras. O gás tem que ser considerado um bem da cesta básica. É isso que nós temos que fazer”. Lula também afirmou que, caso eleito, pretende mudar isso e “abrasileirar” os preços. Ele disse:

“Se eu voltar a governar esse país, nós vamos abrasileirar o preço do gás, o preço do óleo diesel, os preços da gasolina. Nós somos autossuficientes, o petróleo é prospectado em real, as sondas são feitas em reais, os trabalhadores ganham salário em real, portanto não há explicação para dolarizar. Não é possível uma pessoa gastar 400 reais para encher o tanque de um gol. Isso é irresponsabilidade governamental.”

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Comente: