Garota que desapareceu foi encontrada morta, levou 13 facadas do próprio vizinho

Nesta segunda-feira (13), o Caso Emanuelle tomou um rumo trágico: a garota foi encontrada morta num local de mata, nas proximidades de um córrego, em Chavantes, interior paulista.A pequena Emanuelle Pestana Castro, de apenas 8 anos, protagonizou uma triste história de desaparecimento nos últimos dias.Ela brincava numa praça quando simplesmente sumiu na última sexta-feira, dia 10 de janeiro.

O acusado de cometer tamanha crueldade é Agnaldo Guilherme Assunção, de 49 anos, vizinho da família de Emanuelle. De acordo com o G1, Agnaldo confessou que matou Emanuelle e facadas e revelou o local onde estava o corpo. Ainda segundo o portal, o homem teria dito em depoimento que atingiu a garota com uma facada nas costas e 3 no tórax, mas isso foi desmentido pelo laudo do Instituto Médico Legal (IML) que constatou que Emanuelle levou 13 facadas, 8 desferidas nas costas e 5 no peito.

O laudo em questão também afirma que não houve rompimento do hímen e consequentemente não houve penetração, mas outras formas de abuso não foram totalmente descartadas e estão sendo investigadas.Até o momento, o crime se enquadra como homicídio qualificado e ocultação de cadáver.

Da Redação

Categoria(s): Nacional.

Comente: