Fortes chuvas no sul da Bahia deixam a região em alerta e sobe pra 14 o número de mortes

As fortes chuvas que atingem o sul da Bahia têm causado muitos transtornos na região e segundo a Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia (Sudec), até o momento já são 14 vítimas fatais. As mortes começaram a acontecer desde o início das chuvas, em novembro, e mais duas mortes foram confirmadas totalizando 14 óbitos.

O órgão responsável informou que outras 276 pessoas ficaram feridas em razão das enxurradas, alagamentos, inundações e deslizamentos de terra. Quando se considera as pessoas que de alguma forma foram impactadas, esse número sofre acréscimo. São pelo menos 299.360 pessoas afetadas. No total, 63 cidades baianas já tinham decretado situação de emergência até esse sábado (18). 

Informação divulgada pela Agência Brasil, com base em dados fornecidos por prefeituras baianas, a Sudec calcula que, até este sábado (18), 15.483 pessoas tinham sido desalojadas, famílias que tiveram que deixar suas casas temporariamente e se hospedar na casa de parentes, amigos ou hotéis, e 4.453 desabrigadas, tendo que ser acolhidas em abrigos públicos ou locais provisórios. 

Itamaraju e Jucuruçu, no extremo sul do estado, estão dentre as cidades que mais foram atingidas pelas chuvas. Localizadas a cerca de 100 quilômetros de distância uma da outra, as duas cidades ainda contam os prejuízos trazidos pelas chuvas na região. Somente em Jucuruçu, mais de 500 famílias precisaram sair de suas casas. Pontes e casas foram arrastadas e as equipes de saúde da cidade tiveram que transferir o atendimento à população para um local improvisado em razão do prédio da Secretaria Municipal de Saúde ter sido danificado pelas chuvas.

Da redação do Acontece na Bahia

 

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque, Regional, Social.

Comente: