Flordelis é afastada do cargo de deputada federal após decisão da Justiça do Rio de Janeiro; A decisão foi unânime

Uma notícia está sendo destaque nesta quarta-feira (24). A deputada federal Flordelis, acusada de ser a mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo, será afastada do cargo de deputada federal após decisão da Justiça do Rio de Janeiro.

O afastamento aconteceu após um recurso do Ministério público. A decisão foi por unanimidade. De acordo com o desembargador Celso Ferreira Filho, relator do caso, as ações da deputada que foram citadas no processo podem indicar interferência na investigação do caso e por isso é necessário o afastamento.

Flordelis ficará afastada por no mínimo um ano ou até o fim da instrução criminal, ao decidir se a parlamentar irá a júri popular. A decisão foi tomada por desembargadores, mas precisam passar pelo plenário da Câmara, em Brasília. Não há um prazo para que o plenário decida.

Há cinco meses Flordelis utiliza tornozeleira eletrônica e é obrigada a ficar na casa da família ou no apartamento funcional em Brasília, entre as 23h e 6h da manhã.

Anderson de Carmo foi morto em junho de 2016 após ser baleado na frente de casa. Flordelis ainda não foi presa pois possui imunidade parlamentar.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Comente: