Flordelis convida fiéis para culto e afirma: “tudo vai passar, tudo vai ser esclarecido”

Mesmo após as investigações apresentarem diversos fatores que apontam para a deputada federal Flordelis como mandante do assassinato do próprio marido, o pastor Anderson, ela parece ainda continuar contando com apoio de alguns fiéis. Num áudio, a então deputada aparece pedindo a presença dos fiéis no seu culto. Segundo ela, “tudo vai passar, já já tudo vai ser esclarecido.”

Ao convocar o público para uma celebração na igreja onde lidera, Flordelis tenta manter a normalidade:
“A paz do Senhor, pessoal! Hoje eu quero todo mundo no culto, tá bom? Hoje, Piratininga, o culto permanece. Nada é permanente. Tudo vai passar. Já já tudo vai ser esclarecido.”

Entretanto, a imagem de Flordelis está cada vez mais desgastada, principalmente após a última semana com a prisão de vários membros da família. No total, 7 filhos e uma neta da deputada já estão presos por conta das participações no caso. Depois de duas tentativas falhas, o pastor Anderson acabou morto na frente de casa.

Antes disso, a intenção era tirar a vida de Anderson de forma menos chamativa. Portanto, o pastor teve sua comida e bebida envenenadas com compostos químicos como cianeto ou arsênico. O arsênico é um químico que apresenta alta toxicidade, é insípido e inodoro, o que facilitaria que fosse colocado na comida sem gerar muitas suspeitas. O cianeto, por sua vez, tem perfil também muito agressivo, podendo intoxicar o sangue e comprometer a oxigenação do corpo, gerando uma morte rápida. Em consequência da ingestão dessas substâncias, Anderson precisou ser atendido na emergência inúmeras vezes.

Apesar do escândalo familiar sem precedentes e da prisão de vários membros da família, Flordelis não foi presa pois tem imunidade parlamentar. Contudo, um pedido de cassação do seu mandato já foi entregue ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia.

Da Redação do Acontece na Bahia

Categoria(s): Nacional.

Comente: