Filho de Eliza Samudio com Goleiro Bruno fala sobre o pai e dispara: “Deveria ficar em prisão perpétua”

Uma notícia tem repercutido nas redes sociais nesta quarta-feira (29). O filho de Eliza Samudio e do goleiro Bruno, Bruno Samudio, gravou um áudio para a reportagem da ContiNet, onde falou sobre os seus pensamentos a cerca do pai. O goleiro Bruno, condenado pela morte de Eliza Samudio, foi contratado pelo time Rio Branco Futeboll Clube.

Bruno Samudio, que vive sob a tutela da avó, disse que se sente ameaçado pela liberdade do pai. Sônia Moura, mãe de Eliza Samudio, disse que luta na justiça para saber onde o corpo da filha está. O goleiro Bruno, entretanto, tenta retomar a carreira de jogador em meio às críticas, mesmo após dez anos longe dos gramados.

O goleiro Bruno disse em entrevista que tem intenção de se aproximar do filho em algum momento. Ele nega ter sido o mandante da morte de Eliza Samudio. O áudio gravado por Bruno Samudio mostra que ele não pretende se reaproximar do pai.“No mínimo ele deveria ficar em prisão perpétua, porque eu acho uma sacanagem tirar a vida de um ser humano. Não existe nenhum motivo que explique isso. Nenhum”, disse o garoto.

Em outro áudio enviado, Bruno Samudio afirma que o pai é ameaça a sociedade e que se sente ameaçado. Após ter sido contratado pelo time Rio Branco Futeboll Clube, o goleiro Bruno tem sofrido com represálias e críticas de pessoas inconformadas com o seu retorno aos campos, após ter sido condenado como mandante do assassinato de Eliza Samudio.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: