Filhas de Flordelis eram oferecidas ‘sexualmente’ a pastores evangélicos, diz testemunha

De acordo com depoimento obtido pelo programa Fantástico, da Rede Globo, a Pastora Flordelis, mandante do assassinato do marido, traz à tona a parlamentar teria oferecido uma filha afetiva do casal para pastores estrangeiros.

“(A testemunha) lembra que em determinada época (os familiares) receberam a visita de pastores pentecostais estrangeiros. (…) O declarante lembra que, como forma de recepção para os tais pastores, (uma das filhas) foi oferecida sexualmente para os mesmos. Flordelis foi quem fez a oferta”.

Além disso, relações sexuais, segundo testemunhas, entre filhos adotivos e Anderson eram comuns em “casas de swing”

“A testemunha se recorda que [o pastor] Anderson (…) com a permissão de Flordelis (…) se relacionava sexualmente” com uma das filhas afetivas, que “não gostava dessa situação, mas obedecia” a mãe.

Segundo a polícia, antes do assassinato a tiros, Flordelis começou a tentar matar o marido em maio de 2018, botando arsênico na comida dele.

Por fim, as prisões foram expedidas pela 3ª Vara Criminal de Niterói, que aceitou a denúncia do MP e tornou Flordelis ré.

Categoria(s): Nacional.

Comente: