Search
Close this search box.

Festival do Umbu de Uauá abre espaço para comercialização de produtos da agricultura familiar baiana

Começou, no município de Uauá, nessa quinta-feira (29/02), a 11ª edição do Festival do Umbu, uma iniciativa da Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá (Coopercuc), realizada em parceria com o Governo do Estado para celebrar e valorizar a safra do umbu, considerado fruto da árvore sagrada do Sertão.

O festival marca o calendário de eventos do município de Uauá e possibilita a comercialização de produtos derivados do umbu, mas também de outras delícias da agricultura familiar baiana, como os derivados do licuri, do cacau e do mel, dentre outros.

“Podemos dizer que esta é uma festa da agricultura familiar, porque são 40 estandes de comercialização com cooperativas e associações de diversas regiões da Bahia. Além disso, esse festival mostra o potencial de transformação de vida a partir do umbuzeiro com produtos como geleias, compotas, cervejas e licores. Tudo isso deve mobilizar toda a economia do município nestes três dias de evento”, analisou a diretora-secretária da Coopercuc, Jussara Dantas.

Apoiado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), junto a outras secretarias do Governo do Estado e organizações da sociedade civil, o Festival de Umbu mostra a força da Coopercuc, que recebeu investimentos da CAR para fortalecer a base de produção, a agroindustrialização e a comercialização dos itens derivados do umbu, maracujá-da-Caatinga, de outras frutas típicas do Semiárido e também de derivados do leite de cabra.

O diretor-presidente da CAR, Jeandro Ribeiro, atestou a importância da consolidação dessas políticas públicas. “Esta é mais uma feira que comprova a estratégia acertada do Governo do Estado em auxiliar a produção da agricultura familiar com a construção e requalificação de agroindústrias familiares. Essas ações geram impacto na renda não só dos agricultores e agricultoras, mas também na dinamização da economia dos municípios”.

Essa movimentação da economia já pode ser percebida no primeiro dia de evento. O agricultor Deuilson Cardoso aproveitou o festival para adquirir o licuri com rapadura da Cooperativa de Produção da Região do Piemonte da Diamantina (Coopes), que fica localizada em Capim Grosso.

“Eu nunca vi essa mistura do licuri com rapadura. Fiquei curioso e resolvi comprar para experimentar. Sempre que vejo algo diferente, eu compro. Eu comecei a olhar hoje, mas ainda venho outros dias para conhecer mais”, comentou Deuilson.

O 11º Festival do Umbu segue até este sábado (02/03), na Praça São João Batista, no centro de Uauá. O evento acontece, de forma gratuita, a partir das 9 horas, e conta ainda com exposições, apresentações culturais e de artistas regionais.

Fonte: Ascom/CAR

Foto: Divulgação/CAR