Feira de Santana: Mecânico desempregado há dois anos procura emprego para sustentar filha recém-nascida que precisa de leite especial

O mecânico Rogério Silva, 39 anos, natural da zona rural de Coração de Maria, está sem emprego há dois anos e desde a última sexta-feira (17), está em Feira de Santana procurando meios de sustentar a sua família. Rogério, que é pai de três filhos, procurou uma forma de chamar a atenção segurando uma placa na sinaleira do cruzamento da Avenida Presidente Dutra com a Avenida Maria Quitéria.

Rogério informou que sua filha mais nova, de apenas um mês de vida, está tendo refluxo com o leite da mama e, em razão disso, precisa consumir um leite especial que custa R$ 58 cada lata.

“Estou desempregado há mais de dois anos praticamente e tenho três filhos, uma menina, esta que está comigo de 10 anos de idade, tenho um rapaz de 9 anos e uma bebê recém-nascida com um mês de vida e está tendo refluxo ao mamar. A pediatra passou um leite que se chama aptamil AR que custa R$ 58 cada lata. Por esse motivo, eu vim para Feira de Santana em busca de uma oportunidade, uma ajuda e também um emprego que alguém possa estar me oferecendo. Eu sou especialista na área de mecânica de manutenção e também tenho experiência em supermercado, tipo açougue, estoque, tenho minha carteira B remunerada, então aquelas pessoas que puderem me ajudar, desde já, agradeço”, disse Rogério.
O mecânico contou que morava com a família em Maceió e logo no início da pandemia de Covid-19 veio para a Bahia para visitar os familiares. Em razão do avanço da pandemia, foi necessário ficar no estado e ficou sem emprego.

“Eu sempre morei em Pedrão, só que há quatro anos, nós fomos morar em Maceió, e no início da pandemia, pensamos que seria algo rápido, decidimos vim aqui na Bahia à passeio, mas desse passeio, estamos aqui até hoje. A casa lá em Maceió era alugada, e nesse período em que demoramos, a casa ficou fechada, não tinham ônibus para retornar, então os móveis que ficaram lá, ficou para pagar o período do aluguel. Hoje estou sem emprego, minha esposa com a nossa filha recém-nascida e por isso estou aqui pedindo esta ajuda”, explicou Rogério.

Rogério ainda contou que uma pessoa na última sexta-feira (17), tirou uma foto dele segurando o isopor com a mensagem e logo depois o registro viralizou nas redes sociais.
“Eu vim aqui para Feira na sexta, desde então eu fico aqui na Presidente Dutra e um abençoado, filho de Deus, fez uma foto minha e essa foto teve ampla divulgação no Instagram, muita gente está me procurando, me ajudando, até que vocês também me encontraram para saber da minha história de vida. Nesse momento eu preciso realmente de um trabalho e aquelas pessoas que puderem me ajudar de qualquer forma, que tocar no coração, eu já agradeço e irei aceitar qualquer ajuda. Atualmente faço alguns bicos, também como ajudante de pedreiro, mas infelizmente durante esses dias, não está surgindo trabalho”, disse o mecânico.

Rogério disse que está precisando de fraldas, leite e alimentos. Quem puder ajudar deve entrar em contato com Rogério Silva pelo número de telefone: (75) 983594528.

Da redação do Acontece na Bahia

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Tag(s): .

Categoria(s): Destaque, Regional, Social.

Comente: