Família da mulher que faleceu após reação alérgica à tinta de cabelo autoriza doação de órgãos da vítima

A triste história da mulher que faleceu após um química no cabelo ganhou um novo capítulo que está repercutindo neste domingo (14). Para lembrar, na última semana, a auxiliar administrativa Karine de Oliveira Souza faleceu após uma reação alérgica a uma tinta de cabelo. A causa do óbito foi morte encefálica

Agora, a família autorizou a doação dos órgãos da mulher. A informação foi confirmada pela Santa Casa de Misericórdia de Catalão. De acordo com as informações, o corpo de Karine ainda está no hospital e a retirada dos órgãos devem ser feita amanhã, dia 15. Para saber quais órgãos poderão ser doados é preciso que os exames sejam concluídos, e isso deve acontecer também até amanhã.

Em uma entrevista dada a a equipe médica da Central Estadual de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos de Goiás (CNCDO-GO), os familiares informaram que desde o conhecimento da morte da mulher, a Santa Casa foi informada sobre a autorização da doação dos órgãos.

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

Comente: