Falso padre é preso no Recife suspeito de lucrar mais de R$ 200 mil com golpes aplicados

Um homem que se dizia padre de 25 anos foi preso na última quarta-feira (12), no Recife, por suspeita de aplicar golpes fingindo ser padre e lucrar mais de R$ 200 mil, segundo a Polícia Civil. Os crimes foram praticados entre janeiro e novembro de 2019, no Rio de Janeiro.

No momento da prisão, um policial agiu disfarçado de carteiro para não chamar a atenção do suspeitoA operação foi coordenada pelo delegado Carlos Couto, da Delegacia de Jardim São Paulo, e realizada em conjunto com a 48ª Delegacia de Seropédica, no Rio de Janeiro. O homem preso foi identificado pela polícia como Luiz França de Lima, mas ele se apresentava às vítimas como Luiz Benjamín Alvarenga.

Em um dos casos, ele morou dois anos na casa de uma família e a roubou cerca de R$ 100 mil, de acordo com o delegado. Em dezembro, ele foi preso pela polícia do Rio de Janeiro.

Categoria(s): Nacional.

Comente: