Ex-segurança de hospital realiza sonho ao retornar trabalhar no local como médico residente

Russel Ledet, de 34 anos, trabalhou no hospital Baton Rouge General Medical Center, no estado de Louisiana, como segurança, mas seu grande sonho era ser médico.

Nesse contexto, o rapaz se apaixonou pela medicina ainda quando trabalhava no Baton Rouge. Lá ele conheceu Patrick Greiffenstein, o chefe dos residentes de cirurgia,  que se tornou seu mentor.

Além disso, ele sempre disse que achou a medicina um sonho impossível, pois considerava uma profissão de gente rica.

Em dezembro de 2019, Russel organizou uma sessão de fotos em que ele e 14 colegas negros da faculdade de Medicina de Tulane posaram com seus jalecos brancos na frente da senzala da Whitney Plantation, uma antiga fazenda escravocrata que hoje é um museu.

Quando entrou para a faculdade, teve a ideia de criar um projeto para outros jovens negros buscarem a realização dos seus sonhos, mesmo que pareça difícil.

Categoria(s): Internacional.

Comente: