Ex-prefeito de Colatina, Sérgio Meneguelli mostra escola construída com verba que iria pro carnaval do ano passado

Uma notícia chamou a atenção dos internautas nesta manhã de terça-feira (16). Sérgio Meneguelli, que é considerado por muitos o melhor prefeito do Brasil, chamou a atenção novamente após mostrar a conclusão da construção de uma escola que ele havia prometido a partir do dinheiro que seria direcionado para o carnaval do ano passado.

No ano passado, o agora ex-prefeito de Colatina (ES) afirmou aos seus eleitores que cancelaria o carnaval de 2020 uma vez que suas prioridades como prefeito eram outras.

Assim, o prefeito fez novamente sucesso em suas redes sociais após fazer o anuncio que faria o investimento de R$ 200 mil em construção de uma escola municipal na zona rural da cidade, valor que seria antes destinado para o desfile das escolas de samba da cidade. Sérgio afirmou que em meio à uma crise econômica e com falta de recursos não poderia priorizar o carnaval em detrimento da educação e da saúde. Dessa forma, muitos internautas o elogiaram pela sensatez.

Um ano depois do anuncio, Meneguelli apareceu nas redes sociais mostrando a escola que ele construiu com o dinheiro “não gasto” do carnaval 2020. Assim, o prefeito trouxe a reflexão sobre as prioridades dos prefeitos no Brasil.

Entretanto, o prefeito afirmou que o cancelamento do carnaval “não era par sempre”, uma vez que o lazer é algo essencial na vida das pessoas também.

“Se na festa do município, em agosto, estivermos em situação melhor com nossos postos equipados e escolas reformadas, podemos pensar em uma programação com os desfiles dentro da festa”, afirmou.

“Me perdoem. É triste tirar esse lazer de vocês, mas é por pouco tempo”.

“A nossa saúde e nossa educação estão exigindo, neste momento, um tratamento especial. Para que façamos um carnaval como foi no ano passado, eu teria que gastar de R$ 180 a R$ 200 mil e seria uma irresponsabilidade minha usar este dinheiro para fazer desfile de escola de samba, quando em nossos postos, às vezes, faltam material de limpeza”, continuou

“Certos momentos da vida chegam a ser irônicos. Eu incentivei a retomada do carnaval nessa cidade, em 2009 e, quando chega 2018, eu preciso vir a público para dizer que está difícil fazer carnaval hoje”, concluiu.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque.

Comente: