Ex-parceira do vereador Jairinho volta atrás e alega ter sofrido agressões e também que seu filho teria sido torturado

Nesta sexta feira (16), a ex-parceira do Jairinho, prestou depoimentos a policial Civil do Rio Janeiro.  A estudante, Débora Melo, contou que, sofreu diversas agressões e ameaça do vereador, e que ele teria feito uma sessão de tortura com o seu filho, quando eles ainda moravam juntos.

Débora, já havia prestado depoimento no final do mês passado, porém, na ocasião, não havia alegado às agressões. Entretanto, ela voltou atrás e contou aos policiais que vereador, levou seu filho para passear, mas quando o trouxe para casa, ele estava com o fêmur quebrado.

Ainda nesse novo depoimento, a estudante informou que, em uma dessas ocasiões, seus dois filhos menores, levantaram a noite para beber água, enquanto ela permanecia dormindo. O vereador pedido que a menor voltasse para cama, pois queria ficar a sois com o menino. No dia seguinte a criança, contou para mãe que o vereador colocou um papel e um pano dentro da sua boca, lhe colou deitado no sofá, e em seguida começou a pisar sobre o seu corpo.

Até o momento, já somam um total de três casos denunciados de agressões e torturas, cometidos pelo vereador. Recentemente uma câmera de segurança foi encontrada no quarto do garoto Henry, a policia informou que isso vai ajudar a esclarecer ainda mais o caso.

A policia Civil do Rio de janeiro segue investigando o caso e colhendo mais informações, para elucidar os demais casos.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: