Ex de Amado Batista revela que após ter sido expulsa pelo cantor, dorme na cozinha da casa da mãe

Um dos assuntos em alta no momento é o término do relacionamento do cantor Amado Batista. A controversa separação entre ele e Layza Felizardo voltou a ser tema de discussão nas redes sociais, despertando debates após a verdadeira razão do término do casamento ser revelada. A união entre eles, que no início foi recheada de romantismo, perdurou por cinco anos.

Em uma conversa recente, Layza revelou que não teve conhecimento preciso dos motivos do rompimento. Ela afirmou que simplesmente foi expulsa da residência pelo cantor, sem direito a uma conversa prévia. Atualmente, a jovem reside na casa de sua mãe, em Manaus, e relata estar dormindo na cozinha.

Durante a entrevista concedida, Layza alegou que a chegada dos filhos do casal à casa foi o fator determinante para sua expulsão. Segundo ela, Amado estava em viagem e, ao retornarem, os filhos informaram que o casamento havia terminado, já colocando suas pertences no carro.

Layza também compartilhou que enfrentava dificuldades financeiras em manter seu negócio, revelando uma crise pessoal. Ela afirmou que Amado Batista havia prometido ajudá-la financeiramente com a quantia de 60 mil reais, parcelados, para auxiliar em seu empreendimento.

A exposição das mensagens revelou que Layza solicitou que o cantor cumprisse o acordo, mas ele se recusou. Além disso, ela expôs ter sofrido com traições, transtornos psicológicos e ansiedade. Layza afirmou que Amado costumava dizer que ela havia “tirado a sorte grande”.

A defesa de Layza está empenhada em garantir os direitos que a jovem tem. Vale ressaltar que Layza é 48 anos mais nova que Amado Batista, e os advogados alegam que ela foi vítima de crimes de violência psicológica e patrimonial.

Da redação do Acontece na Bahia