Ex-catadora se torna advogada e faz ensaio ao lado do caminhão onde trabalhou por quase uma década

Uma ex-coletora da Companhia de Desenvolvimento de Caxias (Codeca), na Serra do Rio Grande do Sul, protagonizou um ensaio fotográfico de formatura nas dependências da empresa, destacando-se ao posar ao lado de um caminhão de lixo, onde trabalhou por aproximadamente 10 anos, sendo oito deles como coletora.

Aos 38 anos, Lindiane Godoi concluiu sua graduação em Direito pela Universidade de Caxias do Sul (UCS) em 9 de fevereiro, após ingressar no Ensino Superior por meio do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O ensaio com o caminhão de lixo foi sua maneira de agradecer ao incentivo e apoio que recebeu da Codeca durante seus anos de serviço na empresa. “Na faculdade, eles me ajudaram muito. Foi uma forma que encontrei de retribuir, de dizer ‘obrigada’, de registrar este momento, pois sei que estavam orgulhosos. Foi devido ao trabalho e aos colegas que alcancei meus objetivos”, compartilha Lindiane.

A Codeca, em suas redes sociais, celebrou a conquista da ex-colaboradora, destacando a história inspiradora de superação. “Parabéns, Lindi, pela sua luta e determinação. Muitas conquistas ainda virão. Compartilhamos a história da Lindiane para inspirar. É a prova que com trabalho e dedicação alcançamos nossos sonhos, nossos objetivos.”

Lindiane ingressou na Codeca em maio de 2012, inicialmente como capinadora, até março de 2014, quando iniciou uma trajetória de oito anos na coleta de resíduos, primeiro de lixo orgânico e, posteriormente, seletivo.

Sua jornada rumo ao Direito começou quando encontrou um Vade Mecum no lixo, motivando-a a fazer o Enem. Após concluir os estudos regulares em 2016, Lindiane deu seus primeiros passos na graduação, mesmo enfrentando desafios como mãe solo de dois filhos.

Apesar das dificuldades, incluindo a exposição à pandemia, a superação foi constante. Lindiane, agora agente de endemias na Secretaria Municipal de Saúde de Caxias do Sul, ressalta que sua vitória não é apenas pessoal, mas representa todas as mulheres, mães e trabalhadores.

Fevereiro será um mês marcante para Lindiane, com a formatura em Direito em 9 de fevereiro e a primeira fase do exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em 26 de fevereiro.

Desde março de 2022, Lindiane não mantém mais vínculo profissional com a Codeca, mas sua ligação afetiva persiste. “Meu sonho ao escolher o Direito é ajudar pessoas. Seguir nos concursos, Defensoria Pública. Que minha história possa, de alguma forma, inspirar pessoas como eu. Essa vitória não é só minha, é de todos nós. Me sinto representando garis, mulheres, mães”, conclui.

Da redação do Acontece na Bahia

Crédito: Fonte: https://osegredo.com.br/ex-catadora-se-torna-advogada-e-posa-ao-lado-do-caminhao-onde-trabalhou-por-anos/