Estudante baiano alcança uma das maiores notas do mundo no “Enem” dos Estados Unidos

Uma boa notícia circulou nas redes na manhã desta segunda-feira (4). O estudante feirense, Pedro Aníbal, de 17 anos, conseguiu tirar uma das maiores notas no mundo no SAT, exame nacional dos EUA.

O garoto, que é estudante do colégio Helyos, em Feira de Santana, tomou uma difícil decisão ainda no 9º ano do Ensino Fundamental. Assim, Pedro decidiu que gostaria de estudar em uma universidade dos EUA. Dessa forma, o garoto iniciou uma difícil e pesada rotina para se preparar para a prova de acesso estadunidense.

Assim, aos 17 anos, Pedro conseguiu uma rara façanha: alcançar a pontuação de 1540 no SAT, o “Enem” dos EUA. A pontuação máxima da prova é de 1600, então Pedro alcançou uma das pontuações mais altas de todo o exame, que é feito por pessoas de todos os lugares do mundo.

A façanha de Pedro é rara até para moradores nativos. A média do exame nos Estados Unidos é de 1000 pontos. Assim, mesmo a prova não sendo realizada na sua língua nativa, Pedro conseguiu estar entre os 1% dos alunos que mais acertaram questões em todo mundo.

O professor de inglês de Pedro, Wendell Silva Rios, logo compreendeu que a nota de Pedro era um feito louvável e digno de comemoração. “Quando o aluno alcança 1400, 1500 pontos, já é algo extraordinário. Por pouco, ele não fechou a prova”, explicou o professor ao Jornal Correio.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

Comente: