Search
Close this search box.

Estado completa 74 escolas de ensino integral entregues em pouco mais de um ano; Macajuba recebeu investimento de quase R$ 6 milhões

O Colégio Estadual Carlito de Carvalho, em Macajuba, na região do Piemonte do Paraguaçu, é mais uma das 74  unidades de ensino integral inauguradas na Bahia desde o início de 2023. O equipamento, que foi ampliado e modernizado, está entre os investimentos realizados pelo Estado no município que, neste sábado (16), também ganhou um novo mercado municipal, barracas para os pequenos produtores, unidade de beneficiamento de mel e sistema de esgotamento sanitário. 

O governador Jerônimo Rodrigues esteve na cidade acompanhado de secretários de Estado. Ele, que é professor, recordou, também, o tempo de estudante.

“Eu estudei em escola de uma sala só, que não tinha nem banheiro. Não tinha restaurante, era uma cantina, e a gente agradecia a Deus. Hoje, o que a gente quer ver são os nossos filhos estudando, comendo aipim, ovo daqui, de agricultura familiar. Eu quero que o fubá de milho, o feijão que a escola compra, para fazer a feijoada para os nossos meninos e meninas, seja de qualidade, produzido aqui. Esse é um tema sensível para nós”, contou Jerônimo, após revisitar sua própria história como cidadão interiorano. O chefe do Executivo ainda lembrou que, com Macajuba, são 168 cidades baianas com projetos entregues ou em andamento pela gestão estadual.

A estudante Jaqueline Oliveira já se prepara para o vestibular e vê, na nova estrutura do colégio estadual, uma oportunidade de aumentar suas chances de aprovação em pedagogia. “Eu vou aproveitar muito este ano pra conseguir entrar no curso de pedagogia e ser professora, que é um sonho de criança. Aqui, já tem professores incríveis, que sempre incentivam a gente a fazer o Enem [Exame Nacional do Ensino Médio], professoras que ajudam o aluno, como a nossa professora de português, que faz muita atividade com redação. Então, eu vou correr atrás, lutar bastante para conseguir passar no vestibular”, compartilhou a adolescente.

A reforma do colégio estadual, executada pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), incluiu a construção de mais quatro salas de aula, teatro, campo de futebol society, reforma da quadra poliesportiva e do laboratório de biologia; instalação de um restaurante estudantil, com 48 lugares, que vai atender ao programa baiano de combate à insegurança alimentar nas escolas, e outros serviços na estrutura do imóvel. Foram R$ 5,8 milhões aportados na unidade. 

Na avaliação do diretor da escola, Renan Macedo, com a reforma e ampliação do colégio, será possível integrar atividades lúdicas à formação dos estudantes e aumentar a oferta no ensino técnico nas áreas de gestão e negócios e administração. “O aluno, agora, tem uma escola com uma estrutura de primeira. Passamos de 369 alunos para 817 alunos. Agora, temos 32 turmas – 10 de cursos técnicos. Ao todo, são 295 alunos na formação técnica. Eles entram a partir do primeiro ano no sistema integrado e podem usufruir da escola de domingo a domingo”, dividiu o gestor sobre o planejamento de 2024.

Em conjunto com a Prefeitura de Macajuba, também foi viabilizada a reforma e ampliação do mercado municipal, entregue, oficialmente, pelas autoridades neste sábado (16). Cerca de R$ 2 milhões foram empenhados pelo Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), para implantação de uma praça de alimentação, boxes para comercialização de cortes bovinos, caprinos e suínos, grãos e hortifrutigranjeiro da agricultura familiar. 

Na área externa, também foram instaladas 100 barracas para a feira livre, através do Programa Desenvolvimento Rural Sustentável, com recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Funcep). Para o distrito de Nova Cruz, foi autorizada a celebração de convênio para a construção de um mercado que atenderá a área, mais distante da sede. 

Ainda na zona rural, pequenos produtores da Associação dos Criadores de Abelha de Macajuba, na Estrada do Angelim, contam, a partir deste sábado (16), com uma unidade de beneficiamento de mel com capacidade de produzir um quilo de mel por dia. Junto à unidade, também foram concedidos dois selos que regularizam, por meio de inspeção, o trabalho dos apicultores de Angelim e a produção de leite do Laticínio Machado. 

Para a apicultora Ivonete Pedreira, será uma mudança na vida dos produtores que, segundo ela, vão ter um aumento considerável na produção de mel e vão poder distribuir e comercializar seus produtos em toda a Bahia: “esse selo representa muito, a gente vai poder botar nosso mel na prateleira sem medo e muito mais bonito, apresentável, e a questão da higiene, né? Isso melhora a vida da gente em tudo, é sustentabilidade. E a produção vai aumentar bastante. Porque a gente não vai mais precisar colher no mato, que nem a gente fazia. Agora, a gente vai colher na casa do mel. Vai ser muito, muito bom. É gratificante demais.”

Já, para a localidade de Imbá, a 21 quilômetros da zona urbana de Macajuba, foi autorizada a celebração de convênio entre a CAR e a prefeitura para criação de uma horta comunitária pelo Projeto Alimento Saudável, e entrega de kit de irrigação para dois hectares; 20 carrinhos de mão, ferramentas, utensílios e kit de sementes de oleícolas. Cada família também vai receber uma cesta básica por mês, nos primeiros quatro meses do projeto.

Os agricultores familiares da sede vão receber uma unidade da casa de farinha móvel, após assinatura que autoriza a SDR, por meio da CAR, a mobilizar recursos para a entrega do equipamento. Nas comunidades de Bravo, São Bento, Agelin, Volta, Navegantes, Boa Sorte, Jundiá e Iramaia, também serão entregues 40 unidades de galinheiros rústicos. 

Saúde e lazer

Cerca de 8.300 pessoas foram beneficiadas pela entrega do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) na sede de Macajuba. O projeto, desenhado e executado pela Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS) e pela Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), contou com aporte de R$ 17,8 milhões. 

Na infraestrutura, a Conder também foi autorizada a celebrar convênio com o município para urbanização da barragem municipal e construção da praça Santa Luzia. Esta última tem, no seu projeto, uma pista para caminhada, parque infantil, quadra de areia para práticas esportivas, quiosques comerciais e a instalação de um monumento em homenagem à padroeira da cidade, Santa Luzia.

Detran

Outra celebração de convênio com o município de Macajuba vai servir à

implantação do posto avançado do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA) para a região.

Páscoa

Durante agenda de entregas na cidade, o governador Jerônimo Rodrigues ainda participou da celebração de abertura da Páscoa em Macajuba.

Fonte: GOV/BA

Foto: Joá Souza/GOVBA