Enfermeira de 53 anos que foi a primeira vacinada contra Covid-19 na Bahia contraiu a doença antes da segunda dose e teve que ser internada

Uma notícia chamou atenção e dividiu opiniões nas redes nesta manhã de terça-feira (23). Maria Angélica de Carvalho Sobrinho, enfermeira de 53 anos, que foi a primeira pessoa no estado da Bahia a ser vacinada contra covid-19, encontra-se atualmente internada no Hospital Couto Maia, em Salvador, devido às complicações da doença.

A mulher contraiu a doença antes de receber a segunda dose do imunizante e encontrasse em um estado de saúde estável. As informações foram cedidas pela diretora-geral da unidade de saúde, Ceuci Nunes.

De acordo com especialistas, a pessoa que recebe o imunizante pode contrair a doença, porém, os efeitos da vacina no corpo da pessoa geram um quadro mais brando da doença, protegendo a pessoa vacinada dos quadros graves e até mesmo do óbito.

A enfermeira trabalha na linha de frente ao combate à covid-19. Ela é funcionária do Hospital Couto Maia, especializado em doenças infecciosas. Maria Angélica recebeu a primeira dose da Coronavac no dia 19 de janeiro desde ano.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , , , .

Categoria(s): Destaque.

Comente: