Empresário humilha motoboy que esperava pedido em seu restaurante: “Pago R$140 mil de aluguel pra você sentar aqui?”

Um caso gerou discussões nesta segunda-feira (19). Durante uma discussão, o dono de um restaurante se exaltou e está sendo acusado de humilhar um motoboy.

Um motoboy e um sócio de um grande restaurante acabaram discutindo no último sábado (17). Então o empresário se exaltou durante o episódio, mas não esperava que estivesse sendo filmado e fosse causar revolta com o que disse. De acordo com o portal Globo, o motoboy estava aguardando por um pedido no ParkShopping, em Brasília, e se sentou para carregar o celular numa tomada.

O entregador estava do lado de fora do restaurante, num local considerado um ponto de apoio para entregadores, com tomadas e banheiros. Contudo, mesma assim o empresário se exaltou e ameaçou excluir o entregador do aplicativo de entregas. No momento da discussão, o empresário disse em alto tom:

“Na minha loja você não faz mais não, viu, ô? Não minha loja você não pisa aqui mais não. Se eu pedir pra alguém te ver aqui, eu vou te excluir do aplicativo já. Só isso que vou te falar. Tu não folga, não. Estou nesse shopping há 15 anos. Não vai chegar motoboy e achar que manda não. Pago R$ 140 mil de aluguel para motoboy sentar aqui?”

Além disso, o motoboy teria reclamado com funcionários do local antes da discussão. O motivo disso seria a demora para a entrega do pedido, visto que ele já estaria esperando ali por 30 minutos. Sabendo das reclamações do entregado, o empresário teria ido até o local, gerando a discussão entre os dois.

Em nota, o ParkShopping lamentou o ocorrido e afirmou:

“Respeitamos todos os públicos e prezamos pela boa convivência e relacionamento cordial entre lojistas, colaboradores, prestadores de serviço, clientes e todos que circulam e trabalham no shopping.”

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Nacional.

Comente: