Emissoras católicas e Padre Reginaldo Manzotti oferecem apoio a Bolsonaro em troca de verba

Diante das frequentes críticas sofridas nos últimos meses, o governo Bolsonaro está recebendo ofertas de diversos segmentos para melhorar a sua imagem. Dessa vez, emissoras de TV ligadas à Igreja Católica estão oferecendo “mídia positiva” para presidente em troca de publicidade paga.

De acordo com o portal Estado de S. Paulo, o grupo participou de uma videoconferência que teve a participação do presidente. Num cenário com números menores tanto na comercialização quanto nas publicidades pagas pelo setor privado, os religiosos alegaram que estão com o orçamento reduzido e que a parceria beneficiará ambos os lados, já que podem noticiar “aquilo de bom que o governo pode estar realizando e fazendo pelo nosso povo.”

Entre as propostas feitas pelo grupo, que inclui a Rede Vida e a TV Pai Eterno, está o acesso à Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, e à Secom (Secretaria de Comunicação Social da Presidência), que recebem grande parte do orçamento governamental.

O conhecido padre e cantor, Reginaldo Manzotti, falou sobre como os católicos podem fazer a imagem do presidente melhorar através da parceria:

“Nós somos uma potência, queremos estar nos lares e ajudar a construir esse Brasil. E, mais do que nunca, o senhor sabe o peso que isso tem, quando se tem uma mídia negativa. E nós queremos estar juntos.” Afirmou Reginaldo.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Categoria(s): Nacional.

Comente: