Em vídeo, universitária faz homenagem ao pai ambulante

A universitária Brenda Carvalho Furtado, de 29 anos, resolveu demonstrar o seu amor e gratidão pelo pai através de um vídeo emocionante. Na homenagem, a filha conta o quanto o pai se esforça para que ela termine os estudos. A jovem, que é de Belém do Pará, estuda Ciências Biológicas na Universidade Federal do Maranhão há 3 anos.

Brenda conta que o pai, Waldinei Santa Brígida Furtado, de 55 anos, acorda de madrugada para vender produtos na rua e o dinheiro que ganha, ele manda para ajudar nas despesas.”Ele é viúvo e recebe a pensão da minha mãe, mas ele só começou a vender as coisas nas ruas porque eu vim pra cá e aqui as despesas acabam sendo altas”, relata.

“Ele acorda às 4 da manhã pra vender água no sinal. Vende algodão doce. Veio a pandemia e ele não sabia o que fazer mandar dinheiro pra eu pagar as coisas da faculdade, aluguel, energia, internet. Quando menos esperei, recebi essa foto. Isso mesmo, meu pai começou a vender álcool em gel”, explica Brenda no vídeo.

Ela conta que o pai contraiu covid-19, mas que mesmo assim não deixou de ajudá-la. “Meu pai ficou doente, pegou coronavírus, quase perde a visão. Dias depois de recuperado, meu pai voltou às ruas para vender”. “Eu espero que eu consiga retribuir tudo o que ele está fazendo por mim”, completa, emocionada.

Veja:

View this post on Instagram

❤️😭

A post shared by Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) on

Da Redação.

Categoria(s): Social.

Comente: