Em viagem ao Nordeste, Bolsonaro causa polêmica ao dizer: “Não sou médico, mas ou ousado como o cabra da peste nordestino”

Bolsonaro disse mais uma frase polêmica. Dessa vez, ele estava em viagem ao Nordeste, na cidade São José do Egito, em Pernambuco, para inaugurar um sistema adutor. Nessa quinta-feira, dia 1, o presidente voltou a defender o medicamento hidroxicloroquina enquanto discursava. Então, na ocasião Bolsonaro disse que não é médico, mas é ousado. Contudo, não foi só isso.

Depois de exaltar a hidroxicloroquina mais uma vez, ele também fez críticas ao isolamento social: “Deus foi tão abençoado que nos deu a hidroxicloroquina para quem se acometer da doença. Quem não acreditou engula agora. Eu não sou médico, mas sou ousado, como o cabra da peste nordestino. Nós temos que buscar uma solução para os nossos problemas e ela apareceu[…]Alguns políticos diziam que tem que fechar tudo. Sempre falei que não tem que fechar nada. Não tem que prender ninguém dentro de casa. Tem que zelar pelos mais idosos, pelos que estão mais passíveis de pegar a doença. Fora isso, tínhamos que trabalhar”

Vale lembrar que, por hora, não há qualquer comprovação científica que endosse o uso desse remédio para combater o vigente vírus. Além disso, ele pode ser tóxico se administrado em excesso ou de maneira incorreta.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Categoria(s): Nacional.

Comente: