Em testamento, homem deixa herança de R$26,6 milhões para seu cachorro de estimação

Uma notícia chocante vem ganhando destaque nesta terça- feira (16). Nos Estados Unidos, Bill Dorris, um homem solteiro e que faleceu no ano passado, deixou em testamento cerca de R$ 26,6 milhões para sua cadela Lulu.

Doris, de 84 anos, era um empresário de sucesso e confiou em uma amiga para cuidar do animal, em Nashville, nos EUA. A amiga, Martha Burton, afirmou que sempre que Doris viajava, era ela quem cuidava do animal. O dinheiro, segundo o testamento, deve ser colocado em um fundo para os cuidados do animal e ser liberado em parcelas mensais. Com essa quantia, Martha, de 88 anos, poderá ser reembolsada por despesas que teria com o animal. Em entrevista ao canal de televisão do país, TV WTVT, a mulher disse:
“Eu realmente não sei o que pensar sobre isso para dizer a verdade. Ele simplesmente amava o cachorro”.

Além disso, a mulher afirmou que mesmo não sabendo se pode gastar todo o valor com o cachorro, ela vai gostar de tentar. Até o momento, não é planos dela gastar com tigela de ouro maciço para cães ou coleira decorada com diamantes.

Todo essa valor será administrado por uma pessoa de confiança que aprovará e reembolsará Martha pelas despesas que teve com Lulu, uma border collie. Porém, não ficou definido o que acontecerá caso o animal faleça antes do dinheiro acabar.

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

Comente: