Em Ilhéus, Governo do Estado inaugura UPA e faz uma série de anúncios para diversas áreas

Saúde, saneamento básico, educação, urbanização e infraestrutura viária. Em todas essas áreas, a cidade de Ilhéus, no litoral sul baiano, teve ações entregues ou anunciadas pelo Governo do Estado, nesta sexta-feira (3). O investimento total é de aproximadamente R$ 170 milhões.

Em evento realizado no bairro Esperança, o governador Rui Costa inaugurou uma Unidade de Pronto Atendimento 24 horas (UPA 24h). O equipamento, no qual o Estado investiu cerca de R$ 6,9 milhões, ofertará para a população, além de consultas, serviços de radiologia convencional, laboratório de análises clínicas e eletrocardiograma, entre outras especialidades.

“A nova UPA vem se somar a outros importantes equipamentos de saúde que já entregamos na região, como a policlínica regional, o Hospital Costa do Cacau, a maternidade de alta complexidade, entre outros. Todas essas unidades garantem melhor qualidade no atendimento da saúde pública neste grande pólo urbano da Bahia, composto por Ilhéus, Itabuna e outros municípios do entorno”, ressaltou o governador.

Também para reforçar a assistência básica à saúde, foi autorizado pelo governador o início imediato da obra de construção de uma unidade básica de saúde (UBS), no bairro Banco da Vitória. Outras três unidades do mesmo tipo tiveram convênios autorizados e serão erguidas nos bairros do Salobrinho, Teotônio Vilela e Nossa Senhora da Vitória. Somados, os investimentos nas quatro UBS’s ultrapassam R$ 9,1 milhões. “É o Governo do Estado, em parceria com os municípios, fazendo investimentos para melhorar e cuidar da saúde do povo da Bahia”, destacou a secretária estadual da Saúde, Adélia Pinheiro.

Mais escolas

Ilhéus receberá mais uma escola de grande porte. A unidade será construída no bairro São Francisco e terá 34 salas de aula, laboratórios, biblioteca, refeitório, auditório, piscina semiolímpica, campo de futebol society com pista de atletismo e duas quadras poliesportivas cobertas. O Governo do Estado investirá R$ 29,5 milhões na obra que vai se tornar a nova sede do Colégio Estadual Moyses Bohana e atenderá também estudantes do Centro Estadual de Educação Profissional em Gestão e Tecnologia da Informação Álvaro Melo Vieira.

Ampliações no saneamento

Uma série de autorizações foi assinada pelo governador com objetivo de promover ampliações nos serviços de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto na sede e em localidades do município. A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), vinculada à Secretaria de Infraestrutura Hídrica (Sihs), iniciará as obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário de Ilhéus, de melhorias operacionais na rede de distribuição de água e de implantação do sistema de abastecimento de água das localidades de Juerana, Mar e Sol e Teo Camp. Intervenções nas quais serão aplicados R$ 11 milhões.

Urbanização e Infraestrutura

As autorizações para obras de urbanização e infraestrutura viária no entorno de Ilhéus também estiveram no roteiro do dia. Convênios entre o Governo do Estado e a prefeitura de Ilhéus irão viabilizar as obras da segunda etapa de fechamento do canal do bairro Malhado, e a pavimentação de ruas no bairro da Conquista. Os trabalhos, que receberão recursos de R$ 13,7 milhões, serão executados pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder), órgão vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur).

A Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra) irá licitar e executar a duplicação, urbanização, paisagismo e pavimentação de trechos das BAs 001 e 262, totalizando sete quilômetros. Nestas intervenções está previsto investimento que supera os R$ 68 milhões. Também será coordenada pela Seinfra a obra para melhorar a iluminação pública em áreas urbanas ao longo de nove quilômetros da BR-415.

Bahia Minha Casa

O governador autorizou a Conder a iniciar o processo de licitação para construir 208 unidades habitacionais no bairro do Salobrinho. A ação faz parte do programa Bahia Minha Casa, e tem como prioridade as famílias que perderam suas casas devido às fortes chuvas que atingiram a região no final de 2021. Aproximadamente, R$ 30 milhões serão aplicados nessa etapa do programa.

Repórter: Eudes Benício

Categoria(s): Destaque.

Comente: