Em Dia das Mães, Papa Francisco defende vida desde a concepção

O Papa Francisco defendeu, neste domingo (12), pela primeira vez desde o início do seu pontificado, a “garantia de proteção jurídica do embrião” para “proteger todos os seres humanos desde o primeiro momento da sua existência”. O pontífice, cujas posições conservadoras sobre essas questões já eram conhecidas desde a época em que foi arcebispo de Buenos Aires, pediu a atenção de todos sobre “este tema muito importante, de respeito pela vida desde a concepção”. A mesma posição também foi adotada pelos papas João Paulo II e Bento XVI. Os temas da defesa da vida – aborto, eutanásia, bioética – têm sido altamente conflituosos entre a Igreja Católica e as sociedades do Ocidente. Informações da Agência Lusa.

Categoria(s): Internacional.

Comente: