Em conversa com apoiadores, Bolsonaro cogita não disputar eleições de 2022: “Olha, eu entrego a faixa para qualquer um se eu disputar”

Declarações deixaram um grande dúvida nesta segunda-feira (19). O presidente Jair Bolsonaro deixou no ar que não concorreria nas eleições de 2022, dependendo de como elas serão realizadas.

Em uma das primeiras conversas com apoiadores após a hospitalização em São Paulo, Bolsonaro voltou a falar sobre as eleições. De acordo com o que afirmou, ele não participaria das eleições de 2022 caso elas não ocorressem a partir do voto impresso. Bolsonaro falou:

“Olha, eu entrego a faixa para qualquer um se eu disputar eleição…Agora, participar dessa eleição com essa urna eletrônica.” Mas não termina aí.

Além disso, Bolsonaro pontou que as urnas eletrônicas seriam auditadas de “forma secreta” dentro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). E, segundo ele, os responsáveis por auditar os votos das urnas serão as mesmas pessoas “que liberaram o Lula  e o tornaram elegível”.

Diante de declarações dessa natureza, o TSE já se manifestou anteriormente e relembrou que todas as fases da votação via urna eletrônica são auditáveis e que integrantes dos partidos políticos podem acompanhar o processo.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: