“Ela está perdoada”, diz homem que teve órgão sexual cortado por esposa e fala em prótese

O indivíduo que teve seu órgão genital cortado pela esposa em Atibaia, interior de São Paulo, revelou sua disposição em perdoar o ato impulsivo e expressou a intenção de buscar uma prótese. O incidente ocorreu na semana passada, resultando na prisão preventiva da esposa após sua entrega às autoridades.

Em uma entrevista à TV Thathi de Campinas, o homem compartilhou que sua esposa é excessivamente ciumenta e o teria atraído para casa na última sexta-feira (22/12) com a promessa de uma noite romântica. Ele descreveu o momento do ataque, destacando a rapidez do ocorrido na penumbra. Após a agressão, ele buscou ajuda, mas a chave do carro foi escondida pela esposa, levando-o a caminhar até uma unidade de pronto atendimento.

A esposa, por sua vez, decidiu jogar o órgão decepado na privada, dando uma descarga na esperança de dar fim ao que ela considerava um problema. Ela confessou à polícia que sua ação foi motivada por um surto de ciúmes, desconfiando de uma traição envolvendo uma sobrinha de 15 anos. O marido, agora em recuperação domiciliar, expressou seu desejo de retomar as atividades laborais e de utilizar uma prótese.

Apesar de afirmar que a ação da esposa “marcou sua vida negativamente para sempre”, o homem declarou seu perdão, destacando que ela está enfrentando as consequências dessa “tragédia”. A esposa permanece sob custódia da Polícia Civil.

Da redação do Acontece na Bahia