Durante transmissão em rede social, Bolsonaro volta a criticar os governadores: “Muitos deitaram e rolaram”

Uma notícia tem sido destaque entre os meios de comunicação nesta quinta-feira (20). Isso, porque o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), voltou a criticar os governadores do país.

Segundo o presidente, os governadores “deitaram e rolaram” em recursos federais enviados a estados e municípios para combater a pandemia do coronavírus. Em transmissão ao vivo nas redes sociais, Bolsonaro disse que o poder “de fechar tudo no Brasil”, mas que não o fará. Ele lembrou quem desde o início da pandemia, defendeu que eram dois os problemas: “o vírus e o desemprego”

“Eu tinha o poder, tenho ainda, de fechar tudo no Brasil. Fechar tudo no Brasil. Imagine. Não fiz isso por quê? Porque sempre disse que tínhamos dois problemas no momento, que deveriam ser tratados com a mesma responsabilidade e de forma simultânea, que eram o vírus e o desemprego. Muitos governadores deitaram e rolaram”, declarou.

Bolsonaro voltou a usar a expressão “meu Exército” e que as Forças Armadas ainda poderão ir às ruas para “garantir a liberdade”

“Eu já falei várias vezes que meu Exército jamais irá às ruas para manter o povo dentro de casa como as forças policiais de alguns estados foram para as ruas para manter o povo dentro de casa e descer porrada no povo. O ‘meu Exército’ pode ir pra rua sim, um dia, para garantir a liberdade, garantir o direito de ir e vir, a liberdade de culto, ao trabalho. Aí sim. Porque aí é jogar dentro das quatro linhas da Constituição.”, afirmou.

Leia também o portal do nosso editor www.romulofontoura.com.br

Da redação do Acontece na Bahia

Tag(s): , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional, Politica.

Comente: