Durante tentativa de assalto a ônibus em Itapuã, Passageiro reage e mata suspeito

Um homem suspeito de praticar assalto em ônibus coletivo de Salvador foi baleado e morto por um dos passageiros que reagiu à ação, na noite desse sábado (18), na Avenida Dorival Caymmi, bairro de Itapuã, em Salvador.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas encontrou o rapaz sem vida dentro do veículo que fazia a linha Lapa X Jardim das Margaridas. 

Já o outro foi socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE). Ele foi baleado na cabeça e deu entrada na unidade de saúde sem documento de identificação. O suspeito foi submetido a cirurgia. O estado de saúde dele não foi divulgado. Equipes da 15ª CIPM realizaram rondas em buscas do suspeito, que efetuou os disparos, mas ele ainda não foi localizado.

O motorista do micro-ônibus, Marcos Leal, contou ao CORREIO que não percebeu a ação dos bandidos e só ouviu os disparos. “Eles entraram no shopping São Cristóvão, quando estava chegando em Itapuã, ouvi dois disparos, na hora achei que fosse pneu estourando, não sabia exatamente o que era”, contou. 

Depois dos disparos, os passageiros começaram a gritar dentro do coletivo, pedindo que o motorista parasse. Quando ele parou, próximo a Vila Militar, o atirador desceu correndo e os passageiros também saíram. 

Ao perceber que dois homens estavam caídos, ele e a cobradora acionaram o Samu, que constatou a morte de um dos homens. Uma equipe do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) chegou ao local por volta das 13h para remover o corpo do homem, que estava dentro do veículo. 

De acordo com a delegada Marilene Lima, do DHPP, nem o motorista nem a cobradora do ônibus ouviram os suspeitos anunciarem o assalto. Com o suspeitos não foram encontradas nenhuma arma.

Ainda segundo a delegada, testemunhas disseram que Gersone Vitorio da Silva, era morador de uma comunidade no bairro de Itapuã e costumava praticar assaltos em coletivos no bairro. 

O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML) Nina Rodrigues. De acordo com a polícia, não há informações sobre a identidade do passageiro. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Categoria(s): Regional.

Comente: