Doria se pronuncia sobre afastamento de comandante: “O coronel teve comportamento inadequado, rompeu com a disciplina e foi afastado”

O governador do Estado de São Paulo, João Doria (PSDB) fez declarações que seguem repercutindo nesta terça-feira (24). Durante entrevista ao Roda Viva, da TV Cultura na noite da última segunda-feira, Doria falou sobre o afastamento de um coronel da PM.

O coronel Aleksander Lacerda, que era um comandante responsável por mais de 5 mil homens, foi afastado por Doria. Durante a entrevista, Doria afirmou que: “O coronel teve comportamento inadequado, rompeu com a disciplina e foi afastado.” Mas não termina aí.

De acordo com o portal Estadão, o coronel estava convocando pessoas para um ato político. Tal ato trata-se das manifestações do dia 7 de setembro, para defender o presidente Jair Messias Bolsonaro. Além disso, ele teria voltado a fazer ataques ao STF, o que já havia feito por mais de 100 vezes anteriormente. Mas não termina aí.

Além disso, Doria descartou medidas que ampliariam o controle sobre a Polícia. O governador afirmou:

“Não é preciso haver um censor para proibir ou determinar mudanças na Polícia Militar. Ela cumpre bem o seu papel e uma exceção não justifica mudança da regra.”

Da Redação do Acontece na Bahia

Tag(s): .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: