Dona de casa sofre com feridas que não cicatrizam após fazer “preenchimento perfeito” no bumbum

O Brasil é um dos maiores mercados do mundo quando o assunto é beleza e estética. Não é novidade para ninguém que o nosso povo é muito vaidoso e belo. Contudo, quando se busca a beleza a qualquer custo, os resultados quase sempre são desastrosos. Foi justamente isso que aconteceu com a dona de casa Ana Lúcia. A história dela é um alerta para as mulheres.

Buscando incrementar a sua estética, Ana Lúcia pensou em alterar o próprio corpo. Para ela, seria interessante aumentar o volume nos glúteos e nos seios. Entretanto, ela não buscou um cirurgião plástico e nem um médico profissional para realizar o tratamento. Um conhecido teria o tratamento de “preenchimento inovador” que seria perfeito. Então, Ana Lúcia se submeteu às injeções que lhe trariam o tal volume, mas não pesquisou profundamente sobre o preenchimento. Tratava-se de um processo arriscado de injeção de óleo mineral.

Todavia, num curto prazo Ana pôde desfrutar do corpo que sempre desejou. Foram várias fotos esbanjando uma aparência bem natural e sem parecer que havia acontecido qualquer intervenção estética. Mas aos poucos os sinais de alerta começaram a aparecer. Primeiro pele escureceu, depois começou a ficar sensível. Para piorar, o tecido necrosou e toda a área do bumbum se tornou uma grande ferida aberta. A vida de Ana Lúcia virou um verdadeiro pesadelo depois disso. Sem querer denunciar a pessoa que realizou o procedimento, a mulher busca assistência em unidades públicas pelo SUS. Contudo, já há alguns anos ela não consegue cicatrizar os ferimentos e também não tem condições de buscar um tratamento particular. Por isso, agora ela busca ajuda nas redes sociais, pedindo contribuições para concluir o tratamento e recuperar a saúde.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Categoria(s): Nacional.

Comente: