Dona de casa de ração junto com o marido presidiário articulam e mandam matar funcionária de loja concorrente e polícia prende seis suspeitos de participar da ação

Na manhã desta quinta-feira (30), seis suspeitos de matar a funcionária de uma casa de rações foram presos em Pernambuco. Suzana Neves de Almeida, de 29 anos, foi morta no último dia 21, na região metropolitana de Recife.

Segundo a Polícia Civil de Pernambuco, os mandantes e autores do assassinato foram a proprietaria da casa de ração concorrente a que a vítima trabalhava e o marido dela, que está preso desde dezembro de 2020.

Outros dois presos também participaram da ação atuando como intermediarios de contato entre mandantes e executores. Na casa da mulher suspeita foram apreendidos diversas munições e um carregador de pistola 380.

Suzane estava trabalhando quando dois homens entraram no estabelecimento e anunciaram um assalto. Mesmo ela dando o dinheiro exigido, os homens atiraram contra ela, que não resistiu.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Categoria(s): Destaque.

Comente: