Doença da ‘urina preta’: Mulher vai parar na UTI após comer prato com peixes e comida japonesa

Uma notícia tem sido destaque nas redes sociais nesta terça-feira (13). Após comer peixe em um restaurante de comida japonesa, uma jovem de 27 anos precisou ser internada na UTI por desenvolver a doença de Haff, popularmente conhecida como doença da ‘‘urina preta’’. A jovem foi até o restaurante que fica localizado no município de Goianésia, em Goiás, no dia 23 de junho e jantou sashimi de tilápia e salmão.

De acordo com informações da família, pouco tempo depois Kelly Silva começou a passar mal e desenvolveu sintomas gastrointestinais. No dia seguinte a jovem piorou e apresentou fortes dores pelo corpo além de endurecimento dos músculos. Kelly segue internada em um hospital de Goiânia e de acordo com a família o seu estado de saúde é considerado grave, porém estável. A jovem tem passado por sessões de hemodiálise e ainda não há previsão de alta médica. Mas não é só isso…

A doença de Haff ainda tem origem desconhecida, mas os pesquisadores afirmam que os pacientes que desenvolveram a doença haviam consumido algum tipo de animal que vive na água, na maioria das vezes água doce. Os pesquisadores acreditam que a doença é causada por algum tipo de toxina ainda não identificada que contamina o alimento e causa a doença. A pessoa intoxicada costuma desenvolver os sintomas entre 2 e 24 horas após o consumo do alimento e pode ter incômodos, dores fortes pelo corpo e coloração escura da urina e uma evolução para insuficiência renal.

Da redação do Acontece na Bahia

Imagem: Reprodução/TV Anhanguera

Tag(s): , , , , , .

Categoria(s): Destaque, Nacional.

Comente: