Diretor responsável pelo Enem, general Carlos Roberto Pinto de Souza, morre de Covid-19 em meio a protestos pedido adiamento da prova

O general Carlos Roberto Pinto de Souza, de 59 anos, morreu nesta segunda-feira (11) devido às complicações da Covid-19. Carlos era o diretor de Avaliação da Educação Básica do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais).

Ele estava internado devido a infecção desde dezembro do ano passado em um hospital na cidade de Curitiba (PR). O homem, que é militar da reserva havia assumido o cargo da Daeb (Diretoria de Avaliação da Educação Básica) do Inep em agosto de 2019.

Uma nota em homenagem ao general foi escrita pelo Inep dizendo: “A presidência do Inep, em nome de todos os seus colaboradores, agradece o trabalho desempenhado com dedicação, entusiasmo, responsabilidade e senso ético pelo diretor Carlos Roberto. Seu nome estará registrado na história do Inep”

A morte do diretor acontece em meio a discussão de adiamento da nota. Assim, os protestantes utilizam o argumento do aumento do número de casos como razão para adiamento da prova. No entanto, nem todos os estudantes estão a favor da mudança

O Enem ocorre nos dias 17 e 24 de janeiro deste ano.

Da redação Acontece na Bahia.

Tag(s): , .

Categoria(s): Destaque.

Comente: