Digital influencer é morta por atiradores após marcar encontro com falso cliente

Uma notícia está sendo destaque neste sábado (12). A influenciadora digital Paulina Arreola, de 26 anos, foi assassinada, juntamente com seu amigo Eduardo Arturo, por atiradores enquanto ia se encontrar com um homem, que se passava por um cliente. Ela o conheceu nas redes sociais e ele tinha mostrado interesse em comprar os seus sapatos. O caso aconteceu na Cidade do México.

A influenciadora era namorada do Alexis Martinez, líder de um cartel, morto em março deste ano. Segundo o jornal inglês The Sun, por esse motivo a Paulina era visada. Em março, o namorado foi assassinado por um homem que se passava por entregador de comida e Paulina foi morta por atiradores.

A influenciadora tinha cerca de 100 mil seguidores nas redes sociais e ostentava uma vida de luxo, com viagens pelo mundo e roupas caras. O jornal inglês ainda revela que uma parte dessas despesas eram pagas com cartões de crédito clonados.

Ela já é terceira namorada de membros do quartel assassinada nas últimos anos.

 

Da Redação do Acontece na Bahia

Categoria(s): Destaque.

Comente: