Mulher que foi concretada surge em registro cantando em igreja: “Mudava totalmente o ambiente”

Uma nova face da moça que foi concretada surgiu nesta sexta-feira (8). Num registro, Joice apareceu na igreja, cantando para todos os presentes na frente do altar.

Após ser encontrada sem vida, concretada numa construção, Joice Maria da Glória Rodrigues de 25 anos surgiu num vídeo antigo nas redes sociais. Além de casada, Joice era evangélica e cantava na igreja. Nesses registro, Joice apareceu na frente do altar, cantando para todos e demonstrando que tinha desenvoltura e se sentia feliz na Igreja. Nas redes sociais a sogra dela escreveu uma homenagem:

“Você deixará muita saudade, minha única nora. Era assim que você gostava de ser chamada. Vamos te amar para sempre.” Além disso, em depoimento, uma amiga afirmou sobre Joice:

“Quem a conheceu sabe o quanto ela era alegre, onde chegava mudava totalmente o ambiente, amava a família mais que tudo, estava sempre fazendo as pessoas rirem, ela era forte e sempre correu atrás do que queria, sempre disposta a ajudar.”    Mas afinal, o que aconteceu com Joice?

Entenda o caso

A Polícia Civil localizou nesta terça-feira (5), o corpo da jovem Joice Maria da Glória Rodrigues, de 25 anos, morta e concretada em uma parede em São Vicente, no litoral de São Paulo. A jovem estava desaparecida há oito dias, ela havia sumido após visitar o avô, e a família informou que a última notícia que recebeu dela foi enquanto Joice estava em um ponto de ônibus e ligou para o esposo.

A moça era casada e havia falado pela última vez com o marido quando estava num ponto de ônibus. Então, as investigações chegaram até um pedreiro que trabalhava na obra e confessou tudo. De acordo com o portal Globo, ele afirma que a moça foi até o local para se encontrar com ele. Mas não termina aí.

Além disso, ainda segundo o portal, o pedreiro afirmou que a moça e ele tiveram relações e usaram drogas. No local, a polícia encontrou pinos plásticos que geralmente são utilizados para acondicionar essas substâncias. Contudo, não se sabe ainda se o pedreiro manteve relações com ela de forma consentida. Ele também afirmou que a moça passava pelo local com certa frequência. Contudo, como a jovem foi localizada?

Após ser questionado pela polícia se haviam locais frescos ou recém concretados, o dono do terreno observou a obra. Então, no banheiro do piso térreo, ele localizou um vão fechado com acabamento estranho. Diante disso, ele quebrou parte da estrutura e logo depois disso sentiu um cheiro forte. Foi aí que as autoridades foram novamente acionadas e localizaram Maria. Além do pedreiro, outro homem também foi preso e está sendo ouvido pelas autoridades.

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): .

Categoria(s): Nacional.

Comente: