Depois de perder o filho Miguel, ex-empregada doméstica Mirtes se matricula no curso de Direito: “Ele deve estar muito orgulhoso”

Uma história de dor está se transformando num exemplo de luta e superação. Depois de perder o filho Miguel, de 5 anos, dona Mirtes Renata está passando por uma grande transformação em sua vida. Segundo ela, a partida do filho lhe deu uma nova missão.

O caso Miguel deixou o Brasil em comoção, clamando por justiça. Tudo aconteceu em junho deste ano, no prédio onde Mirtes trabalhava como empregada doméstica em Recife, no estado do Pernambuco. Mirtes trabalhava na casa de Sari Gaspar Corte Real, a mulher do prefeito de Tamandaré. No dia em que Miguel morreu, Mirtes havia saído para passear com o cachorro de Sari, à pedido da própria patroa. Contudo, como desceu sozinha com o cachorrinho, Mirtes deixou o filho sob a supervisão da patroa Sari até que voltasse do passeio. Então, ao perceber que a mãe não estava por perto, o pequeno Miguel ficou agitado. Diante disso, Sari vai com ele até o elevador, mas aciona o botão da cobertura e deixa o menino sozinho.  Sem noção do perigo, Miguel caminha e acaba caindo do prédio.

Uma nova missão

Com a repercussão do caso, milhões de pessoas se mobilizaram pedindo por justiça. Agora, Mirtes se matriculou no curso de Direito. Ela deseja se tornar advogada e lutar por um mundo mais justo. Em entrevista ao portal Globo, ela explicou:

“Me vi nessa missão. Meu filho me deu o dever de ajudar o próximo Eu já estou preparada para os desafios. Pode ser que eu passe por algum preconceito, mas já estou passando por coisas piores. Nada se compara à dor que estou sentindo. Ele [Miguel] sempre teve orgulho de mim. Em qualquer brincadeira com os meninos da rua, em qualquer festa que eu organizava, ele dizia ‘foi a minha mamãe que fez’. Agora ele deve estar muito orgulhoso.”

Da Redação do Acontece na Bahia.

Tag(s): , , .

Categoria(s): Nacional.

Comente: